bg-forecast.jpg
 

o sistema de previsão

 


Se uma pessoa entra diariamente no trabalho às 9h00 da manhã e demora 60 minutos no trânsito, podemos ‘prever’ que ela deixa sua residência todo dia às 8h00. Temos assim um padrão: pode ser que um dia ela se atrase, perca a hora ou não vá trabalhar, mas na maioria dos dias ela sairá de casa no mesmo horário.

Prever as ondas é um processo semelhante. Porém, esse padrão é descrito por meio de equações matemáticas e relações físicas, que buscam interpretar o comportamento das ondas em alto mar até o momento em que elas quebram na praia.

 
1474733431554.png

equação do balanço de ação do espectro de onda, a base do modelo de previsão de ondas

 

Os parâmetros estatísticos mais representativos da ondulação são ‘altura significativa’, ‘direção de pico’ e ‘período de pico’. A união desses dados com as informações de direção e intensidade do vento resultam nos indicadores mais importantes a serem analisados pelos surfistas que buscam sempre as melhores condições.

Veja abaixo um resumo de como funciona nosso sistema de previsão de ondas.

 
 
 

como funciona

 

tempestade

É o primeiro passo para a formação de uma ondulação (swell).

pré-processamento

Os dados de ondas e ventos da NOAA são preparados para serem inseridos no sistema do broou

oceanologia e tecnologia

Os dados são traduzidos numa interface simples e bonita, mostrando a previsão da condição atual de surf e a previsão para os próximos 5 dias.

vento

É o principal elemento na formação das ondas. Transfere energia para o oceano gerando as vagas (ondas mexidas), que ao se afastarem da tempestade se organizam e geram a ondulação.

a previsão do broou

Os dados de vento e onda globais são usados para fornecer as condições de contorno para um modelo de águas rasas (modelo SWAN), que considera as informações mais detalhadas da costa brasileira.

tá clássico, bro

Agora que você já sabe o melhor dia para surfar, pegue a prancha, chame os brothers e vá pra água.

modelos globais da NOAA

Agência de administração oceânica e atmosférica dos EUA, é a principal fonte de dados sobre ondas em águas profundas e ventos em escala global no mundo.

pós-processamento

Os giga bytes de dados produzidos pelo sistema broou.cast são transformados em tabelas simplificadas, interpretados e enviados para o aplicativo.