rodrigo koxa pode quebrar o recorde de maior onda já surfada


Equipe de forecasters Broou realiza medição técnica da onda gigante surfada por Koxa na praia de Nazaré, em Portugal

Nazaré não pára de bombar. Swell atrás de swell tem agitado em muito a Praia do Norte em Portugal. Mas no início do mês de novembro de 2017, um swell épico invadiu o pico e roubou todos os holofotes do mundo do bigsurf ao proporcionar verdadeiras montanhas d'água para alguns dias de sessões históricas de tow-in.

Alguns brasileiros se destacaram no swell, entre eles a dupla Carlos Burle e Maya Gabeira, que voltava ao pico para pegar, segundo a própria, a maior onda que ela já surfou por lá – vale lembrar que a carioca quase morreu no pico em 2013 -, e o paulista Rodrigo Koxa, surfista do Guarujá (SP). 

No dia 8, em pleno auge do swell, Koxa dropou a maior do dia - uma bomba realmente gigante, que seria imediatamente cotada como possível quebra do recorde de maior onda já surfada, até então pertencente ao havaiano Garrett McNamara numa onda avaliada em 78 pés, também em Nazaré (compare abaixo).

Polêmica, especulações!

Muito se comentou a respeito do verdadeiro tamanho da onda surfada por Koxa, e se seria possível realizar uma medição de tamanho confiável. No dia 10 de janeiro, o big rider decidiu convocar a equipe de oceanógrafos do Broou para realizar uma medição científica da onda e assim confirmar - ou negar - o possível recorde.

Após esclarecer que não seria possível fazer uma medida exata da onda a partir de uma única fotografia (leia abaixo), o forecaster Broou Caio Stringari realizou uma estimativa de tamanho a partir de objetos confiáveis para concluir, em sua opinião, que RODRIGO KOXA QUEBROU O RECORDE DE MAIOR ONDA JÁ SURFADA NO MUNDO.

Abaixo, você lê a entrevista do forecaster Caio Stringari para o programa ESPORTE FANTÁSTICO, da Rede Record, que será parte da matéria especial sobre a onda de Koxa, que irá ao ar neste sábado às 10h15 no canal Record.

ENTREVISTA

Caio Stringari: Oceanógrafo formado pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e atualmente fazendo PhD em Earth Sciences na Universidade de Newcastle, Austrália, onde se especializa em dinâmica de ondas em águas rasas e previsão oceanográfica utilizando Inteligência Artificial e Machine Learning.

RECORD: É possível medir quantos pés/metros tem a onda do Rodrigo Koxa?

BROOU: Não é possível fazer uma medida exata, uma vez que toda e qualquer imagem possui distorções. Para calcular o tamanho exato da onda, nós precisaríamos de duas cameras e lentes idênticas gravando a mesma onda, resultando num método conhecido como estereoscopia. Contudo, é possível fazer uma estimativa do tamanho da onda a partir de objetos com tamanho conhecido que aparecem na imagem. No caso da onda do Koxa, usamos o Jet-ski que aparece nas imagens para criar uma uma escala de transformação de pixels para metros e assim calcular o tamanho da onda.

Primeiro, nós medimos o Jet-ski na imagem 100 vezes, o que resultou na escala de ~0.015 metros por pixel:

Koxa_1x1.jpg

Depois, nós definimos uma linha vertical que vai da base até o crista da onda. Essa é a parte mais subjetiva do processo, uma vez que a definição desses pontos e bem empírica. Quando nós medimos a onda exatamente no ponto em que o Koxa aparece na foto, obtemos uma altura de 40 metros com uma margem erro de aproximadamente 3 metros.

Koxa_1x12.jpg

Contudo, se medirmos a mesma onda na região do Jet-ski, obtemos um valor um pouco menor, de 38 metros com margem de erro também de 3 metros.

Koxa_1x13.jpg

Resumindo, essa onda pode ter altura entre 35 e 40 metros, equivalente a um prédio de 13 andares, o que é cerca de 10 metros maior do que o recorde atual (assista abaixo).

Cair numa onda dessa é como o quê, dar um mergulho numa piscina?

Definitivamente não! Como a velocidade que se atinge nessa onda seria quase como tentar mergulhar no asfalto. Depois da queda, a quantidade de turbulência sob a onda é imensa. Imagine a força de uma onda de mais ou menos 1 metro quebrando na sua praia favorita. Isso já faz muitas pessoas ficarem distante da água. Agora multiplique essa força por 30 ou 40 vezes. Pouquíssimas pessoas no mundo tem a capacidade (e coragem) de enfrentar tamanha energia.

Qual a massa de uma onda como essa? Pode ser comparado a quê?

Ondas não transportam massa, mas sim energia. Existe uma formula para calcular a energia da onda baseada na altura da onda. Se aplicarmos essa fórmula para uma onda de 40 metros em  25138 Joules/m2. Um Joule é igual a energia transferida para um objeto quando uma força de 1 newton move esse objeto por 1 metro. Na mesma escala de energia dessas ondas (de acordo com a wikipedia), temos o pico de aceleração de um carro de passeio ou a força de uma mordida de um tubarão branco (já que estamos falando de surfe) ou de um crocodilo de água salgada (já que eu moro na Australia). 

Onda de mais de cem pés, ou 30m são comuns?

Ondas gigantes como as de Nazaré são bastante raras. Existem pouquíssimos lugares no mundo que conseguem sustentar ondas tão grandes. Alguns exemplos são Peahi (Jaws) no Hawaii, Mavericks na Califórnia, Puerto Escondido no México e Teahupoo no Tahiti. O que ocorre em Nazaré é que um cânion submarino serve como um guia para as ondas provenientes das tempestades de inverno no Atlântico Norte. Quando essas ondas chegam em águas rasas, próximas a praia, a sua energia não é dissipada lateralmente e a única opção da onda para conservar a energia é crescer em tamanho (esse processo é tecnicamente conhecido como empolamento ou shoaling). Quando essas ondas atingem a costa chegam num limite onde a crista da onda está se propagando mais rápido do que a base, a onda começa a quebrar.

Dá para ter uma ideia da velocidade do surfista na descida de uma onda dessas? E mais rápido do que uma onda de um metro, comum aqui no Brasil?

A velocidade da onda (em águas rasas) é diretamente proporcional a profundidade do local. A profundidade, contudo,  varia de acordo com a altura da onda passando nesse local. Assumindo que as ondas se propagam na mesma profundidade (5m), uma onda de 1 metro tem uma velocidade de aproximadamente 30km/h, enquanto que uma onda de 30m tem uma velocidade de aproximadamente 70km/h.  

A velocidade do surfista é um problema muito mais complicado de se resolver uma vez que geralmente a trajetória do surfista é oblíqua a direção de propagação da onda. Para obter esse valor precisaríamos de um GPS na prancha ou algo semelhante, mas esta pode ser bem mais rápido do que 70km/h.

 

Cálculos: 

Energia da onda:

E 30m de altura = 0.0625*1025*9.81*30 = 18853J/m2

E 40m de altura = 0.0625*1025*9.81*40 = 25138J/m2

Velocidade da onda

V 1m @ 5m= sqrt(9.81*6)*3.6 = 27.7km/h → aproximei para 30km/h

V 30m @ 5m= sqrt(9.81*35)*3.6 = 66.70km/h → aproximei para 70km/h.

Onda Koxa_byBroou_low_24.jpg

*Foto da onda de Koxa: Leandro Sieves